Vasco não vai liberar Petkovic

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, disse nesta quinta-feira que não vai liberar o meia Petkovic tão facilmente. De acordo com o dirigente, o sérvio tem contrato com o clube até o dia 30 de junho e que a decisão de sua transferência para o futebol chinês ocorreu de forma unilateral. Ele disse que o pagamento dos salários está em dia e aguarda um comunicado da Federação Chinesa de Futebol para estudar qual posição tomará.Eurico Miranda confirmou que há uma multa rescisória que gira em torno de R$ 33 milhões. Ele revelou ter ficado surpreso com a atitude de Petkovic. O presidente estava de férias em Angra dos Reis quando o sérvio apareceu de helicóptero, apresentou uma carta de demissão e foi embora logo em seguida.O técnico Antônio Lopes reiterou que não sabia de nada sobre a transferência de Petkovic para a China. "Ele disse que precisava sair para resolver problemas particulares inadiáveis e eu o liberei. Não disse qual o assunto", afirmou o treinador. "Isso acontece. É do futebol. Temos o Léo Lima que é plenamente capaz de substituí-lo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.