Vasco pega Remo em casa para confirmar classificação à 2ª fase da Copa do Brasil

Embalado por mais uma vitória contra o Flamengo, o Vasco entra em campo contra o Remo nesta quarta-feira, às 21h45, para selar a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. No primeiro confronto, em Belém, o time carioca venceu por 1 a 0 e precisa apenas de um empate no estádio de São Januário, no Rio, para confirmar a vaga.

Thiago Rabelo, especial para a AE, Estadão Conteúdo

27 de abril de 2016 | 06h40

Somente um grande vexame pode tirar o Vasco da Copa do Brasil. Jamais eliminado na primeira fase da competição nacional, o time só conseguiria tal proeza se perder o confronto - 1 a 0 leva para os pênaltis, enquanto que qualquer outra derrota garante a classificação para os paraenses.

Diante de uma situação tão favorável, o técnico Jorginho deve utilizar um time reserva. Além de poupar os principais jogadores para a final do Campeonato Carioca, neste domingo, contra o Botafogo, o treinador espera dar oportunidade para alguns jogadores pouco utilizados ou das categorias de base que foram recentemente promovidos para o profissional.

Suspenso para o clássico, o volante Marcelo Mattos é uma das certezas. O goleiro uruguaio Martin Silva também. A principal novidade deve ser Yago Pikachu, primeira contratação do clube na temporada, mas que ainda não se firmou na equipe titular e tem sido pouco utilizado pelo treinador. Diferente dos outros jogos em que atuou como meia, desta vez ele será usado na lateral direita, a sua posição de origem.

Em busca de ser a grande zebra da rodada inicial, o Remo não contará com os atacantes Luiz Carlos e Silvio, o lateral João Victor e volante Yuri, todos lesionados. Com tantos problemas, o técnico Marcelo Veiga terá de promover a estreia de Fabiano, recentemente contratado. Na frente, Ciro deve jogar isolado, com Eduardo Ramos na armação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.