Vasco pode demitir Lopes nesta segunda

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, e o técnico Antônio Lopes almoçaram neste domingo e conversaram sobre o futuro da comissão técnica da equipe. O treinador chegou a colocar seu cargo à disposição do dirigente que, a princípio, teria recusado sua demissão. A expectativa para esta segunda-feira é a de que a saída de Lopes seja confirmada. No entanto, o forte vínculo de amizade entre Eurico e o treinador poderá mantê-lo por mais tempo no Vasco. Há muito, os dois construíram uma parceria e o presidente confia plenamente no técnico. Mas, um dos principais problemas do Vasco é sobre quem seria o substituto de Lopes. O clube ainda atravessa uma crise financeira e não teria condições de arcar e pagar em dia um salário acima de R$ 40 mil mensais para o novo treinador. Com isso, o nome de Tite, ex-técnico do Grêmio, estaria descartado. Já Joel Santana, que também tem bom relacionamento em São Januário seria a primeira opção.

Agencia Estado,

13 de julho de 2003 | 20h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.