Vasco prega cautela contra Corinthians Paranaense

O Vasco precisa apenas de um empate nesta quarta-feira, às 16 horas, em São Januário, para chegar às quartas de final da Copa do Brasil. E o adversário, o Corinthians Paranaense, não é dos mais fortes. O time carioca, no entanto, dispensa o rótulo de favorito com o velho discurso de que não há mais bobo no futebol.

LEONARDO MAIA, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 08h33

"Não podemos entrar no jogo pensando que já está tudo resolvido. No futebol de hoje todos os jogos são difíceis. O Vasco vai dar tudo para garantir essa classificação", disse o técnico Gaúcho, que convocou a torcida vascaína para lotar o estádio e incentivar o time durante os 90 minutos do confronto decisivo.

O Vasco joga pelo empate porque venceu a partida de ida, realizada em Curitiba, na semana passada, por 1 a 0. Para o lateral-esquerdo Ramon, a vantagem vascaína é "pequena" e, por isso, todo cuidado é pouco para evitar um tropeço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.