Vasco promete complicar vida do Santos

Depois do Atlético-PR, agora será a vez do Santos "ajustar as contas" com o Vasco. É com esse sentimento que a equipe carioca vai para São José do Rio Preto, domingo, na tentativa de dar mais uma "viradinha" na classificação do Campeonato Brasileiro. Escalar um time misto ou "entregar o jogo" para o adversário são assuntos proibidos em São Januário."Fizemos praticamente uma partida perfeita contra o Atlético-PR. Atuamos com raça, determinação e, se mantivermos esse desempenho, poderemos vencer o Santos e dar mais uma viradinha na tabela", disse o zagueiro Henrique, autor do gol da vitória vascaína, por 1 a 0, domingo, em São Januário.Henrique também provocou os jogadores do Atlético-PR. "Mas, mesmo se vencermos o Santos, não significará que o título será deles, porque não será fácil o Atlético derrotar o Botafogo, que também pode surpreender", avisou."Pisaram demais na gente. Falaram que iam dar volta olímpica aqui. Somos homens e precisam nos respeitar. Agora, é vencer domingo e terminar bem a competição", disse Henrique. "O Washington estava desesperado com a derrota e pediu pelo amor de Deus para deixar o time deles fazer um gol."Com a vitória sobre o Atlético-PR, o Vasco totalizou 54 pontos e foi para a 15ª colocação no Brasileiro, assegurando sua permanência na primeira divisão em 2005. E o mal desempenho vascaíno no campeonato serviu como "arma" para o técnico Joel Santana motivar o time antes da partida de domingo.O técnico do Vasco recolheu e-mails de torcedores do Atlético-PR e leu para o time durante a preleção. Muitos jogadores, emocionados e raivosos, chegaram a chorar enquanto Joel revelava as ofensas escritas contra o elenco e o clube carioca."A cada e-mail lido, o Joel perguntava se aquilo ia acontecer. A torcida deles tripudiou em cima dos jogadores e do Vasco. Isso mexeu com todo mundo", revelou o vice-presidente de futebol do clube carioca, José Luiz Moreira. "Foi uma das coisas mais emocionantes que já vi. Muitos choraram e isso nos deu uma garra fora do comum." Os jogadores ganharam folga nesta segunda-feira e voltam a treinar terça no Centro de Treinamento do Vasco, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, porque São Januário já está em obras para a temporada de 2005. Já a viagem para São José do Rio Preto, local da partida contra o Santos, foi marcada para o próprio domingo, às 12h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.