Vasco quer Romário, mas não tem pressa

O vice-presidente de Futebol do Vasco, José Luís Moreira, disse que o clube está de portas abertas para receber o atacante Romário, dispensado hoje pelo Fluminense, mas sem nenhuma pressa. "Uma vez confirmado o rompimento de contrato entre Romário e Fluminense, o Vasco tem o maior interesse de que o craque encerre a carreira em São Januário. Mas como ele não pode atuar por outro clube no Campeonato Brasileiro de 2004, vamos tratar do assunto sem afobação", declarou o dirigente.A rescisão - O presidente do Fluminense, David Fischel, conversou hoje por telefone com Romário e os dois acertaram que a rescisão de contrato será formalizada entre o dirigente e o procurador do atacante, Luizinho Moraes. Romário disse ainda a Fischel que não compareceria hoje à tarde às Laranjeiras, sede da equipe tricolor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.