Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Vasco quer treinador com perfil de Marquinhos Santos

Paulo Angioni, gerente de futebol, diz que próximo comandante deve ser jovem e terá o salário em um patamar mais baixo

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

12 de dezembro de 2014 | 19h37

A diretoria do Vasco recebeu com surpresa a desistência do técnico Marquinhos Santos, que não poderá assumir o clube carioca em 2015 por problemas de saúde na família. No entanto, os dirigentes já se movimentam para buscar um novo treinador.

O gerente do Vasco, Paulo Angioni, afirmou nesta sexta-feira que a desistência "pegou de surpresa toda a diretoria" e prosseguiu: "Ontem (quinta) ele ligou informando que não podia mais vir porque tinha detectado um problema de saúde na família. O Eurico (Miranda) entendeu, não ficou feliz, obviamente, mas entendeu", disse, referindo-se ao presidente do clube.

Os nomes dos candidatos ao posto não foram revelados, contudo é mais provável que seja um técnico jovem e com salário em um patamar menor do que o recebido por técnicos tradicionais, com um perfil parecido com o de Marquinhos Santos. "Vai precisar se adequar à situação financeira e de filosofia do Vasco", disse Paulo Angioni.

O dirigente contou que não há prazo para definir o novo treinador, mas o clube tem pressa quanto a isso em razão da formação do novo elenco. "A contratação de jogadores passa muito pela definição da parte técnica, que participa dessas escolhas".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.