Vasco quer vitória para se afastar da zona de descenso

Nas últimas sete rodadas do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu apenas uma partida. Tal rendimento levou o time de volta a flertar com a zona de rebaixamento. Ela se aproxima, com a turma que lá habita ameaçando engrenar. Um desses times é justamente o São Paulo, que vem ao estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, encarar o clube cruzmaltino, neste domingo, às 16 horas, pela 21.ª rodada.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2013 | 07h33

O time tricolor paulista venceu na última rodada - 1 a 0 sobre a Ponte Preta, na reestreia de Muricy Ramalho. É dupla, portanto, a motivação são-paulina. Vem de vitória e com a confiança de que seu técnico-ídolo possa ser a chama que vai dar ignição na arrancada para fugir da degola. O treinador vascaíno, Dorival Júnior, porém, diz que os paulistas não encontrarão facilidades em São Januário, usual caldeirão cruzmaltino.

Mas se mostra ciente de que seus jogadores precisam mudar de postura. "Precisamos daquele querer um pouco mais, o gosto pela definição. Isso precisa mudar. Está na hora de buscarmos o gol com mais apetite", cobrou Dorival Júnior. "Precisamos mostrar atitude para que seja possível sair com um bom resultado. É a hora da recuperação".

Como reforço, o retorno de Fagner. O questionado lateral-direito Nei deixa o time para sua volta. Mas mais importante será contar com Juninho Pernambucano desde o início da partida. Contra a Portuguesa, derrota por 2 a 0, ele jogou apenas a segunda etapa para dosar suas energias. Dorival Júnior pede a presença da torcida, como fator de motivação dos atletas. "Espero que o torcedor abrace a equipe. Queremos que ela nos incentive até o último momento".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.