Vasco recorre contra punição a Renato

Os advogados do Vasco entraram com pedido de liminar, nesta segunda-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra a punição imposta ao técnico Renato Gaúcho ? ele foi suspenso por 30 dias por causa da expulsão no clássico contra o Botafogo, realizado no dia 7 de setembro. A diretoria cruzmaltina espera obter o efeito suspensivo até quarta-feira para que o treinador comande a equipe do banco de reservas no jogo de domingo, contra o Palmeiras, em São Januário. Renato Gaúcho assistiu da arquibancada à derrota do Vasco para o Coritiba, por 2 a 0, no domingo, e disse que a equipe sentiu sua ausência. ?O jogador sente-se mais seguro quando vê o treinador à beira do campo. Além disso, fica difícil passar instruções. Há bastante demora até falar por rádio com alguém no banco?, declarou o treinador, voltando a afirmar que houve injustiça em sua condenação.?Quem me julgou agiu com o coração e não com a cabeça. A súmula diz que eu não fiz nada?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.