Vasco: Renato admite luta para não cair

Diante das evidências, o técnico Renato Gaúcho mudou o discurso. Antes, ele nem falava em rebaixamento, somente em conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana. Hoje, porém, o treinador já se mostra contente caso o Vasco não dispute a Segunda Divisão do Campeonato Nacional, em 2006. Três pontos à frente do Brasiliense, primeiro da zona de risco do Nacional, o Vasco perdeu a tranqüilidade e o atacante Alex Dias, seu principal jogador, por um mês. ?É delicada a situação. Quando achava que a equipe iria embalar, tropeçava?, declarou Renato Gaúcho, pessimista quanto à atuação do time contra o Corinthians, neste domingo, no Pacaembu. Indagado se a arbitragem de Leonardo Gaciba da Silva o deixa preocupado para a partida em São Paulo, Renato Gaúcho não poupou críticas. ?A gente abre a boca e é punido. Não falo mais de arbitragem. Quem comete os erros, continua apitando?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.