Vasco: Renato aprova cartilha de Eurico

O técnico Renato Gaúcho não é contra a cartilha imposta pelo presidente Eurico Miranda aos jogadores do Vasco. A partir de agora, a concentração será realizada 48 horas antes das partidas, em vez de 24, as noitadas foram proibidas e ninguém pode falar sobre a atuação dos companheiros e a decisão do técnico Renato Gaúcho. A nova determinação, porém, somente poderá ser descumprida por Romário. ?Tudo em exagero atrapalha?, declarou o treinador, lembrando que qualquer esforço é válido para tirar o Vasco da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. ?A reação tem que começar contra o Internacional, domingo, no Beira-Rio?. O meia Morais disse que sua vida não mudou em nada com a cartilha. ?Sempre fui profissional?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.