Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Vasco renova contrato com Andrés Ríos até o fim de 2018

Já o volante Wellington acerta transferência para o Atlético Paranaense

Estadão Conteúdo

11 Julho 2018 | 14h06

O Vasco anunciou nesta quarta-feira que renovou contrato com o atacante Andrés Ríos até o final de 2018. O vínculo do argentino havia se encerrado em junho, por isso ele poderia se transferir para qualquer equipe sem necessidade de compensação financeira ao clube carioca.

+ Volante Andrey confia em virada do Vasco sobre o Bahia na Copa do Brasil

+ No Vasco, meia Evander é testado no ataque e aprova: 'Venho me adaptando bem'

"Estou muito feliz com essa renovação. O Vasco é um clube grande, eu me adaptei muito bem e gosto muito de jogar aqui. O que projeto para o segundo semestre é ajudar o Vasco a brigar na parte de cima da tabela do Brasileirão. Vamos em busca de uma vaga na Libertadores", afirmou o argentino em entrevista ao site oficial do clube, publicada nesta quarta-feira.

Após passagem pelo Defensa y Justicia, da Argentina, Ríos chegou ao Vasco em julho de 2017 e participou da campanha no Campeonato Brasileiro do ano passado que classificou o clube à Libertadores de 2018. O atacante, que pode jogar centralizado ou aberto pelas pontas, disputou 50 partidas com a camisa vascaína e marcou 12 gols.

O próximo compromisso da agenda do Vasco será contra o Bahia, em São Januário, no Rio, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, disputado no dia 9 de maio, o time carioca perdeu por 3 a 0, na Arena Fonte Nova, em Salvador. "Vamos procurar dar o nosso máximo para conseguir a virada", resumiu Ríos.

Enquanto o atacante acertou a permanência, o técnico Jorginho sofreu a baixa do volante Wellington, que se transferiu para o Atlético Paranaense. Vinculado ao Internacional, o meio-campista estava sem clima no Vasco desde a publicação de uma foto em que ironizou vaias da torcida, em 22 de maio. Junto de Evander, Gabriel Félix e Paulão, o jogador chegou a ser afastado pela diretoria por causa do incidente, mas o quarteto acabou reintegrado.

Esta quarta-feira ainda marcou a volta de Martín Silva aos treinos do Vasco. O goleiro estava com a seleção uruguaia na Rússia para a disputa da Copa do Mundo e acabou eliminado nas quartas de final da competição, após derrota por 2 a 0 para a França.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.