Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Vasco se recupera e faz meia dúzia no Friburguense

Gigante da colina consegue sua primeira vitória no estadual

Ronald Lincoln Jr., Agência Estado

26 de janeiro de 2014 | 21h49

RIO - Depois de dois empates seguidos, o Vasco foi à farra e goleou o Friburguense por 6 a 0 diante de sua torcida, neste domingo, em São Januário. A goleada teve direito a um golaço de voleio do zagueiro Rafael Vaz, e grandes jogadas do colombiano Montoya. Com o resultado, o time do técnico Adilson Batista assumiu a terceira colocação no Campeonato Carioca, com cinco pontos. A próxima partida será na quarta-feira, contra o Audax, em Volta Redonda.

O JOGO

O Vasco começou pressionando. Primeiro, com uma falta a poucos metros da área. Felipe Bastos bateu forte, a bola desviou na barreira e passou tirando tinta da trave. Em seguida, William Barbio cruzou a bola em frente à área com perigo e o goleiro Afonso afastou com dificuldade.

O jogo estava muito aberto, e o Friburguense não se retraia. Aos 18 minutos, a bola foi levantada na área vascaína e o lateral Sérgio Gomes desviou de cabeça e por muito pouco não abriu o placar.

Aos 24 minutos, Montoya fez grande jogada que culminou no primeiro gol do Vasco. O colombiano invadiu a área em velocidade, driblou três marcadores e foi derrubado. Edmílson bateu fraco o pênalti, o goleiro espalmou para o lado, a bola bateu na trave e sobrou para Montoya completar para o gol.

O jogo já estava morno e se encaminhando para o fim do primeiro tempo, quando, aos 43 minutos, André Rocha cruzou com categoria para Edmílson, que marcou o segundo gol do Vasco, de cabeça.

No começo do segundo tempo, em uma bola levantada para a área da equipe serrana o goleiro Afonso trombou com um companheiro e deixou a bola escapar para os pés de Edmílson, que não perdoou, e marcou o terceiro do Vasco.

O Vasco seguiu implacável. O zagueiro Bruno bobeou com a bola na defesa e foi desarmado por William Barbio, que entrou na área e chutou na saída do goleiro, para marcar mais um, aos 9 minutos.

Entregue, o Friburguense não demonstrava reação, mas o Vasco não quis saber e ampliou novamente. Aos 17 minutos, Montoya fez mais uma bela jogada: ele driblou três em frente à área adversária, chutou a bola na trave, e a sobra ficou com o lateral Marlon que marcou seu primeiro gol pelo Vasco, o quinto gol do time no jogo.

O Vasco estava impossível, e fez meia dúzia de gols. Aos 30 minutos, o zagueiro Rafael Vaz recebeu a sobra de um escanteio e, cheio de categoria, marcou um golaço de voleio no ângulo.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 6 X 0 FRIBURGUENSE

VASCO - Martín Silva; André Rocha (Abuda), Luan, Rodrigo (Rafael Vaz) e Marlon; Aranda (Bernardo), Guiñazu, Fellipe Bastos e Montoya; Edmilson, William Barbio. Técnico - Adílson Batista.

FRIBURGUENSE - Afonso; Sérgio Gomes, Cadão, Bruno e Flavinho; Lucas, Zé Vitor (Abedi), Jorge Luiz e Marcelo; Ziquinha(Damião) e Rômulo (Lohan).. Técnico - Gerson Andreotti.

GOLS - Montoya, aos 24, e Edmílson, 43 minutos de primeiro tempo; Edmílson, aos 3, William Barbio, aos 8, Marlon, aos 17, e Rafael Vaz, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Correa

CARTÕES AMARELOS - William Barbio, Aranda, Flavinho e Bruno Leal.

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 4.654 pessoas (total).

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.