Carlos Gregório Jr./Vasco
Carlos Gregório Jr./Vasco

Vasco segura empate sem gols contra o Ceará e se livra do rebaixamento à Série B

Cruzmaltino fica no 0 a 0 e ponto precioso deixa equipe à frente do Sport, que ficou em 17º

Estadão Conteúdo

02 Dezembro 2018 | 19h18

Em um jogo com muita expectativa e festa antes da bola rolar, mas fraco tecnicamente e com poucas emoções, Ceará e Vasco ficaram no empate sem gols, neste domingo, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. Sorte para os cariocas, que conseguiram evitar o rebaixamento à Série B com este ponto. Se perdesse, cairia por causa da vitória do Sport sobre o Santos, no Recife.

Com 43 pontos, o Vasco terminou o Brasileirão na 16.ª colocação, apenas uma acima do Sport, que ficou com 42 em 17.º. Já o Ceará, que tinha a expectativa de se classificar à próxima edição da Copa Sul-Americana, não conseguiu tal feito por causa das vitórias de Fluminense (contra o América-MG) e Chapecoense (sobre o São Paulo). Encerrou o torneio na 15.ª posição, com 44 pontos.

A festa em Fortaleza começou bem antes da partida. Na chegada da delegação do Ceará na Arena Castelão, os torcedores se surpreenderam com o técnico Lisca, que tem o apelido de "Lisca Doido", no teto do ônibus comemorando a boa campanha do time, que já não corria mais o risco de rebaixamento.

Em campo, a torcida cearense lotou a Arena Castelão com mais de 55 mil pessoas, mas o jogo foi fraco tecnicamente. A disputa pela bola no meio de campo prevaleceu e poucas oportunidades de gol foram criadas. Em muitas imagens mostradas pela transmissão da partida pela TV, o que se via eram torcedores, especialmente do Vasco, mais preocupados com os resultados dos outros jogos da rodada.

Se no primeiro tempo pouca coisa de bom aconteceu, na segunda etapa não se viu mais nada de produtivo. Os dois times se limitaram a arriscar alguns chutes de fora da área que em nada atrapalharam os goleiros Éverson e Fernando Miguel. Somente nos minutos finais é que a apreensão tomou conta do banco de reservas e da torcida do Vasco com os gols do Sport. Mas o Vasco se segurou e garantiu a sua permanência na Série A do Brasileiro.

Depois da partida, mesmo sem ter conseguido a classificação à Copa Sul-Americana, a torcida do Ceará fez a festa pela boa campanha no Brasileirão. Lisca até deu volta olímpica para agradecer os torcedores e aproveitou para tirar fotos com as cheerleaders do clube.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 x 0 VASCO

CEARÁ - Éverson; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Juninho, Richardson e Ricardinho (Wescley); Calyson (Eder Luis), Felipe Azevedo (Cardona) e Arthur. Técnico: Lisca.

VASCO - Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Willian Maranhão (Ricardo); Raul (Desábato), Andrey e Thiago Galhardo; Kelvin, Caio Monteiro (Marrony) e Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.

CARTÕES AMARELOS - Richardson e Ricardinho (Ceará); Willian Maranhão e Raul (Vasco).

CARTÃO VERMELHO - Samuel Xavier (Ceará).

ÁRBITRO - Raphael Claus (Fifa/SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.