Vasco sofre derrota na Justiça

O Vasco perdeu hoje uma batalha jurídica. O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Antônio de Pádua Ribeiro, negou o pedido de liminar em medida cautelar impetrado pelo Vasco da Gama contra a empresa Vasco da Gama Licenciamentos S/A. O clube carioca entrou na Justiça pedindo a rescisão do contrato de licenciamento e publicidade firmado em 1998. Os advogados do Vasco argumentaram que a empresa foi criada por entidades financeiras internacionais com representação no Brasil. Eles alegam que a empresa visava a conquista de lucro gerado através da relação com o clube, o que acabou prejudicando o Vasco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.