Vasco tenta esquecer os problemas na volta do Brasileiro

A paralisação do Brasileirão durante a disputa da Copa das Confederações não foi fácil para o Vasco. Um amistoso contra o América-MG em Uberlândia (MG) chegou a ser cancelado por falta de segurança e dois treinos foram cancelados, um pelo não pagamento do salário dos jogadores e outro pela pouca privacidade apontada pelo técnico Paulo Autuori no centro de treinamento. Neste domingo, contra o Internacional, a partir das 16 horas, em Caxias do Sul (RS), os vascaínos vão tentar deixar tudo isso para trás.

LEONARDO MAIA, Agência Estado

07 de julho de 2013 | 09h45

Em meio à crise financeira, jogadores e comissão técnica do Vasco admitem que o período de treinos nas quase três semanas sem jogos oficiais não foi aproveitado como poderia ter sido. Mas, para o técnico Paulo Autuori, o grupo está mais forte. "Temos demonstrado isso nos treinos. Ninguém pode estar satisfeito, mas só tenho a agradecer aos jogadores pela maneira como têm se dedicado aos treinos em meio a problemas que são históricos no clube", disse o treinador.

O Vasco contratou três jogadores no período, mas só um deles tem condição de jogo já neste domingo: o zagueiro Rafael Vaz. O meia colombiano Montoya e o atacante Reginaldo ainda não foram regularizados. Por outro lado, o atacante André vai poder estrear pela equipe no Brasileirão. O jogador busca no Vasco a volta por cima na carreira, após passagens sem destaque por Atlético-MG e Santos.

"Creio que podemos apresentar algo diferente", disse o lateral-direito Elsinho, um dos titulares vascaínos para enfrentar o Inter no Estádio Centenário. "A cabeça está preparada para fazer um bom campeonato", completou o jogador, lembrando que o Vasco conquistou até agora sete pontos, com duas vitórias, um empate e duas derrotas.

O meia Carlos Alberto, absolvido na última quinta-feira no julgamento em segunda instância pela acusação de doping, não foi relacionado para a viagem a Caxias do Sul. Autuori preferiu poupá-lo, depois do estresse que enfrentou no tribunal, já pensando no clássico contra o Flamengo, na rodada seguinte. No ataque vascaíno, Carlos Alberto será substituído neste domingo por Edmilson, que jogará ao lado de André.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.