Vasco terá a volta de Róbson Luís

Clubes de tradição no cenário do futebol brasileiro, Vasco e Atlético-MG realizam campanhas bem parecidas no Campeonato Brasileiro. Difere de outras épocas o fato de os dois times precisarem vencer para se afastarem da zona de rebaixamento. Um empate amanhã, às 20h30, em São Januário, será prejudicial às duas agremiações. A equipe carioca totaliza 27 pontos e a mineira, 28, na tabela de classificação do Nacional. Único técnico a ter seu trabalho prestigiado nos clubes do Rio (treinadores de Fluminense, Botafogo e Flamengo saíram nesta semana), apesar da não vencer há cinco jogos, Geninho está desgastado com o longo duelo do atacante Alex Alves com a balança de peso. Fora de forma física e mal tecnicamente, o atleta não tem rendido bem e deve ter seu contrato rescindido até o fim de semana. Ele está barrado do jogo de amanhã e Anderson vai substituí-lo. Aliás, não será surpresa se o laterais Canhoto e Chiquinho e o atacante Denílson também sejam dispensados. A boa notícia fica por conta do retorno do meia Róbson Luiz, que deve atuar por pelo menos 45 minutos. Ciente da importância tática e técnica de Róbson Luiz para o bom desempenho do Vasco, Geninho acha que o meia Petkovic será o maior beneficiado com o retorno do atleta. Para o treinador, a presença de ambos no meio-de-campo vai dificultar a marcação do adversário, além de dar mais criatividade ao time. "O Róbson Luiz dá mais equilíbrio ao meio-de-campo e também vai dividir a responsabilidade de criar as jogadas ofensivas com Petkovic", declarou Geninho, que vai compor o setor com os volantes Ygor e Coutinho. Insatisfeito com os últimos resultados do Vasco no Brasileiro, o zagueiro Henrique quer oferecer à torcida uma vitória no jogo de amanhã. Se possível, com uma boa exibição em São Januário. "A equipe perdeu para Corinthians e Santos este mês atuando em casa e acho que chegou o momento de o grupo sair de campo com o triunfo", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.