Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Vasco terá Euller contra Boca Juniors

Com vários problemas para escalar o Vasco, o técnico Hélio dos Anjos vai ter que improvisar uma equipe formada por juniores para a decisiva partida pela Copa Mercosul, contra o Boca Juniors, nesta terça-feira, às 21h10, em Buenos Aires. Sem poder escalar o artilheiro Romário e o meia Juninho Paulista, ambos contundidos, a boa notícia é o retorno do atacante Euller, recuperado de uma lesão muscular na coxa esquerda.Além dos jogadores contundidos, Hélio dos Anjos ainda não pode escalar o atacante Bebeto, o lateral-direito Rafael, o lateral-esquerdo Giuliano, além dos volantes Donizete Oliveira e Jamir, que não foram inscritos na competição. Sem opções, o treinador armou o meio-de-campo com João Paulo, Ricardo Bóvio, Fabiano Eller e Léo Lima. O ataque será formado por Euller e Léo Macaé. "São problemas naturais do futebol. Sabemos que estamos sujeitos a eles. É uma pena que tantos jogadores de qualidade não possam ser aproveitados", lamentou Hélio dos Anjos.Depois de cumprir a suspensão de três dias, imposta pela diretoria, por ter brigado com o zagueiro Odvan, durante a partida contra o Paraná, pelo Campeonato Brasileiro, o goleiro Hélton retorna à equipe. O jogador, antes do treinamento desta segunda-feira, pediu desculpas aos companheiros pelo incidente. Depois de desfalcar o Vasco, por causa de suspensão automática, Odvan também retorna ao time.A situação do Vasco na Mercosul é de desespero. A equipe tem somente quatro pontos no Grupo A e ocupa a terceira posição. Um resultado diferente da vitória elimina o time da disputa por uma vaga na próxima fase. O Cerro Porteño, do Paraguai, e o Universidad Católica, do Chile, lideram o grupo com dez e nove pontos respectivamente, mas possuem uma partida de vantagem sobre a equipe carioca. Na Mercosul, se classificam os primeiros colocados dos cinco grupos da competição, além dos três melhores segundo colocados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.