Vasco terá time misto no Uruguai

Com a classificação e o primeiro lugar do grupo 6 assegurados, o Vasco tenta defender a invencibilidade na Taça Libertadores da América, contra o Peñarol, nesta quarta-feira, às 20h, em Montevidéu. Sem poder escalar cinco titulares, o técnico Joel Santana armou uma equipe mista, reforçada pelo artilheiro Romário, que pediu para atuar.O lateral-direito Clébson, o zagueiro Alexandre Torres, o volante Nasa, além do meia Jorginho, estão contundidos e só retornam à equipe na partida decisiva do returno do Campeonato Carioca, sábado. Por ter sido expulso no confronto contra o Deportivo Táchira, o zagueiro Géder cumpre suspensão automática.Romário tem no título de artilheiro da competição, que disputa pela primeira vez, um motivo extra para atuar. O goleador vascaíno já marcou três vezes, e está o mesmo número de gols atrás do atacante González, do Guarani (PAR), que lidera a disputa.No primeiro confronto entre as duas equipes, o Vasco, que venceu todos os cinco jogos realizados na Libertadores, derrotou os uruguaios, por 2 a 1, em São Januário. Na próxima fase, a oitava-de-final, a equipe carioca vai enfrentar o segundo colocado do grupo 3, que ainda está indefinido. A equipe boliviana Jorge Wilstermann, a argentina San Lorenzo, e a chilena Deportes Concepción disputam a vaga. O time do Vasco deve atuar com Márcio (Hélton); Maricá, Henrique, Odvan e André Silva; Fabiano Eller, Paulo Miranda, Léo Lima e Juninho Paulista (Zada); Euller (Viola) e Romário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.