Vasco terá veteranos no meio para melhorar transição

O técnico Marcelo Oliveira vai fazer, neste sábado, às 18h30, a sua primeira partida como treinador do Vasco perante a torcida cruzmaltina, em São Januário. Ele, que chegou para o lugar de Cristóvão Borges, já fez dois jogos no novo clube, mas ambos fora de casa. A sua estreia no Rio será diante do Figueirense.

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2012 | 21h05

Contra um adversário que briga contra o rebaixamento, uma vitória do Vasco, o quarto colocado, ganha ares de obrigação. E, para conseguir os três pontos, o elenco teve uma semana inteira de treinos, nos quais Marcelo Oliveira trabalho para corrigir algumas dificuldades do time.

"Trabalhamos a semana toda em cima das dificuldades que tivemos. Uma delas foi a transição defesa ataque. Precisamos fazer de forma mais rápida, pois estava muito cadenciada. Chegar com mais jogadores na área. Trabalhamos bastante isso. A definição das jogadas também. E outro ponto é a recomposição", explicou o treinador.

Para fazer essa transição, o treinador resolveu escalar os dois veteranos, Felipe e Juninho, juntos no meio. Ganha assim em qualidade, toque de bola e em jogadas de bola parada. Desta forma, o time terá: Fernando Prass; Luan, Dedé, Fabrício e Thiago Feltri; Nilton, Juninho, Wendel e Felipe; Tenório e Alecsandro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.