Fábio Motta/AE - 05/02/2010
Fábio Motta/AE - 05/02/2010

Vasco vai com três atacantes para massacrar o Sousa

Dodô, Elton e Robinho são as apostas de Vágner Mancini para convencer torcida e reconquistar confiança

LEONARDO MAIA, Agencia Estado

25 de fevereiro de 2010 | 08h19

O técnico Vágner Mancini sabe que apenas conquistar a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil não basta. O Vasco precisa apresentar um futebol convincente e satisfazer o torcedor depois da derrota na decisão da Taça Guanabara para o Botafogo. Por isso, três atacantes para cima do Sousa-PB, nesta quinta-feira, às 19h30, em São Januário, pela partida de volta da primeira fase do torneio.

Dodô, Elton e Robinho formarão o trio ofensivo, sem contar com o ágil Philippe Coutinho, que jogará mais recuado para suprir a ausência do suspenso Carlos Alberto. Como venceu na Paraíba por 2 a 1, o Vasco pode até mesmo perder por 1 a 0 para avançar, mas o objetivo é massacrar o oponente e reconquistar a confiança.

"A intenção é ter mais atletas chegando ao ataque e um auxílio maior aos nossos laterais", justificou Mancini, que também fez questão de explicar as barrações Léo Gago e Elder Granja. "Tirei o Léo Gago e o Elder Granja por uma opção minha e não pela perda da Taça Guanabara. Eles não são culpados de nada. No caso do Elder, eu optei mesmo pelo Fágner. Já o Gago vinha oscilando e eu tinha que abrir mão de um volante por conta dessa nova maneira que o Vasco vai jogar", argumentou.

Outras mudanças serão as saídas de Nilton, na cabeça de área, e Titi, na zaga, para as entradas de Rafael Carioca e Thiago Martinelli, respectivamente. No entanto, Mancini garante que os jogadores não foram retirados por questões técnicas. Como foram expulsos contra os botafoguenses, o treinador quer dar ritmo aos prováveis substitutos para a estreia na Taça Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.