Vasco vai para o tudo ou nada contra o Atlético-PR

É um duelo de vida ou morte. O Vasco enfrenta o Atlético Paranaense nesta quinta-feira, às 20h30, em São Januário, num confronto direto entre dois sérios candidatos ao rebaixamento, e terá de superar mais uma vez a ausência de seu principal homem de frente, ao lado de Edmundo. Leandro Amaral não se recuperou da contusão no tornozelo esquerdo e continua de fora. A expectativa é de que retorne apenas no dia 8 de novembro, contra o Santos.Mesmo assim, o técnico Renato Gaúcho deverá optar por uma formação mais ofensiva. O zagueiro Eduardo Luiz sai para a entrada de Leandro Bomfim, desmanchando, portanto, o esquema com três defensores e partindo para o 4-4-2. Na frente, Madson, Alex Teixeira e Edmundo ficarão com a responsabilidade de marcar os gols salvadores para o clube da Cruz de Malta.Na lateral-direita, Renato carregará uma dúvida até minutos antes da partida, entre Baiano e Wagner Diniz, que voltou a jogar recentemente, depois de longo tempo afastado por lesão. Durante a semana, o treinador manteve Baiano no time durante os coletivos, com Wagner Diniz entrando em seu lugar.Em 2004, quando também estava ameaçado pelo rebaixamento, o Vasco escapou da Série B graças a uma vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, na penúltima rodada, em São Januário. De quebra, tirou do rival a liderança da competição, que acabou sendo conquistada pelo Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.