Vasco vence Boavista e mantém 100% na Taça Rio

Com gol de Fernando aos 40 minutos do primeiro tempo, equipe de Dorival Junior vence mais uma no torneio

Fabio Lacerda, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 18h57

Numa partida marcada por poucas chances claras de gol, o Vasco saiu com os três pontos da Região dos Lagos ao vencer o Boavista por 1 a 0. O resultado manteve o clube de São Januário na liderança do Grupo B da Taça Rio com nove pontos. A próxima partida do Vasco no segundo turno do Campeonato Carioca é contra o Flamengo, domingo, às 18 horas.

Veja também:

Estadual do Rio 2009 - tabela Classificação / Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O primeiro tempo no estádio Eucy Resende foi marcado por muita disputa de bola no meio-de-campo. O Boavista exerceu forte marcação, principalmente em Carlos Alberto, que teve atuação discreta em Saquarema. Apesar das dificuldades, o Vasco criou duas boas oportunidades aos nove minutos, e ambas com Élton. Na primeira, o atacante recebeu na meia-lua de Jéferson, chutou colocado e o goleiro Vinicius fez boa defesa espalmando a bola que tinha endereço certo no canto direito do gol. Na sequência, Paulo Sérgio subiu ao ataque e tocou rasteiro dentro da área. Élton tocou de primeira e Vinicius defendeu com o pé.

O Boavista também assustou o Vasco. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio pela esquerda, a bola ficou dividida no meio da área e a zaga cruzmaltina foi mais rápida e rechaçou a bola dos pés de Tony. Aos 23, Tony recebeu na área pela direita e não conseguiu abrir o marcador porque Amaral interceptou o chute cruzado do jogador do Boavista. Aos 27 minutos, Thiago fez a primeira defesa depois de Roberto Santos, sem ângulo, acertar uma cabeçada aproveitando lançamento de Mancuso.

O gol do Vasco saiu aos 40 minutos, após cobrança de falta. Paulo Sérgio alçou e Fernando, de costas, desviou a bola que entrou no canto esquerdo do goleiro Vinicius.

Na etapa final, o Vasco não conseguiu manter a posse de bola. Acuado em campo, o time de São Januário permitiu que o Boavista tomasse a iniciativa em busca do gol de empate, mas graças à má pontaria de seus jogadores - a equipe dirigida pelo técnico Edinho chutou aproximadamente dez bolas ao gol, mas nenhuma exigindo do goleiro vascaíno - o gol não saiu.

Em Mesquita, a equipe da casa perdeu por 1 a 0 para o Resende. O gol da vitória do finalista da Taça Guanabara foi marcado por Fábio Azevedo, aos 46 minutos do segundo tempo.

BOAVISTA 0 X 1 VASCO

Boavista - Vinicius; Rogério Rios, Pessanha, Santiago e Paulo Rodrigues; Cocito (Bruno Moreno), Fernando Silva, Mancuso (Leandro Cruz) e Têti; Tony e Roberto Santos (Felipe Adão). Técnico - Edinho

Vasco - Thiago; Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Matheus (Souza), Carlos Alberto e Jéferson (Léo Lima); Rodrigo Pimpão (Faioli) e Élton. Técnico - Dorival Júnior.

Gol - Fernando, aos 40 minutos do primeiro tempo

Cartões Amarelos: Paulo Rodrigues, Têti, Carlos Alberto, Amaral, Fernando Silva, Souza e Santiago.

Árbitro - Felipe Gomes da Silva.

Local - Estádio Eucy Resende de Mendonça, em Saquarema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.