Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Vasco vence Corinthians-PR e confirma vaga nas quartas

No aniversário de São Januário, clube carioca leva susto, mas consegue vitória por 2 a 1 na Copa do Brasil

AE, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 18h35

No dia em que São Januário completou 83 anos, a comemoração veio em grande estilo. No seu estádio, fundado em 21 de abril de 1927, o Vasco derrotou no sufoco o Corinthians-PR, por 2 a 1, na tarde desta quarta-feira, e avançou para as quartas de final da Copa do Brasil. Agora, seu próximo adversário sairá do duelo entre Goiás e Vitória, que venceu o jogo de ida por 4 a 0.

 

Veja também:

COPA DO BRASIL - tabela Tabela

Palco de momentos históricos do País - como a assinatura da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) pelo presidente Getúlio Vargas, em 1943 -, São Januário não estava lotado nesta quarta. Mas recebeu bom público, de 10 mil pagantes, numa tarde de sol forte e de feriado de Tiradentes.

A bola rolou e o Vasco logo fez 1 a 0, gol do atacante Élton, de cabeça, aos 12 minutos. O Corinthians teria que virar o jogo para eliminar a equipe da casa, pois perdeu o confronto de ida, em Curitiba, por 1 a 0. Fatura liquidada? O time carioca pensou assim e quase se complicou diante do rival paranaense.

O Vasco passou um verdadeiro sufoco. Sofreu o empate, com o zagueiro Leandro, aos 26 minutos, e sentiu o golpe. O goleiro Fernando Prass impediu a virada do clube do Paraná numa bela defesa em cobrança de falta. A torcida vascaína só respirou aliviada quando o meia Carlos Alberto, melhor do time em campo, fez 2 a 1, já aos 42.

VASCO 2 X 1 CORINTHIANS-PR

Vasco - Fernando Prass; Fagner (Elder Granja), Thiago Martinelli, Titi e Ramon; Rafael Carioca, Nilton, Léo Gago e Carlos Alberto; Philippe Coutinho (Dodô) e Élton (Rafael Coelho). Técnico: Gaúcho.

Corinthians-PR - Colombo; Neto, Peixoto e Leandro; Thiago Araújo, Cícero, Renan, Ronaldo (Andrezinho) e Rodrigo; Cristiano (Oliveira) e Bruno Batata. Técnico: Lio Evaristo.

Gols - Élton, aos 12 minutos do primeiro tempo; Leandro, aos 26, e Carlos Alberto, aos 42 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Elder Granja, Rafael Coelho e Philippe Coutinho (Vasco); Neto, Peixoto, Leandro e Ronaldo (Corinthians-PR).

Árbitro - Cleber Abade (SP).

Renda - Não disponível.

Público - 10.034 pagantes (11.799 no total).

Local - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.