Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Vasco vence Fluminense nos pênaltis e está na final

Clube cruzmaltino está na decisão da Taça Guanabara; Flamengo e Botafogo disputam a outra semifinal

BRUNO LOUSADA, Agencia Estado

13 de fevereiro de 2010 | 21h21

Sábado de Carnaval, de muitos blocos na rua e de clássico decisivo no estádio do Maracanã. No fim, a euforia da torcida do Vasco redobrou. Afinal, a equipe cruzmaltina derrotou o Fluminense por 6 a 5 na disputa de pênaltis, após empate em 0 a 0 no tempo regulamentar.

Agora, o clube de São Januário vai disputar a decisão da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca), no próximo dia 21 - espera o vencedor do confronto entre Flamengo e Botafogo, que duelam na próxima quarta. Já os tricolores saíram de campo cabisbaixos, num clima de Quarta-feira de Cinzas.

Muita disputa de bola, muita vontade, mas pouco futebol. O primeiro tempo limitou-se a isso. Numa comparação entre os dois times, o Fluminense foi levemente superior nos 45 minutos iniciais.

Pelo menos, teve duas chances claras, todas desperdiças pelo atacante Fred, que retornou de contusão. Na primeira oportunidade, logo no início de jogo, ele chutou a bola em cima do goleiro Fernando Prass, arrancando suspiro de alívio da torcida do Vasco.

A outra veio no fim da etapa inicial. Fred recebeu ótimo passe de Conca, frente a frente com o goleiro, mas demorou a finalizar e o volante Souza lhe "roubou" a bola com categoria. O Vasco não demonstrou tanta força ofensiva na etapa inicial. Priorizou a marcação e deixou o atacante Dodô isolado.

Parece até que os dois times combinaram de só jogar bola no segundo tempo, rico em emoção. O clássico ficou aberto, e a bola "teimava" em não entrar. Fred perdeu mais três chances. Não estava num bom dia. O goleiro Rafael, do Fluminense, fez defesa milagrosa com os pés numa cabeçada à queima-roupa do lateral-direito Élder Granja.

No duelo dos artilheiros Fred e Dodô, a falta de pontaria venceu. Com isso, não havia outra saída: a decisão da vaga foi para os pênaltis. Estava 6 a 5 para o Vasco e o atacante Alan podia deixar tudo igual. Ele cobrou forte, a bola bateu no travessão e o Fluminense está eliminado.

Ficha técnica

Vasco 0 (6) x (5) 0 Fluminense

Vasco - Fernando Prass; Elder Granja, Fernando, Titi e Márcio Careca; Nilton, Souza (Rafael Carioca), Léo Gago (Magno) e Carlos Alberto; Philippe Coutinho e Dodô. Técnico: Vágner Mancini.

Fluminense - Rafael; Mariano, Gum, Cássio e Júlio César (Marquinho); Diogo, Diguinho (Thiaguinho), Everton e Darío Conca; Bruno Veiga (Alan) e Fred. Técnico: Cuca.

Gols - Nos pênaltis: Dodô, Fernando, Márcio Careca, Philipe Coutinho, Carlos Alberto e Nilton marcaram para o Vasco; Fred, Gum, Cássio, Conca e Marquinho marcaram e Alan errou para o Fluminense.

Cartões amarelos - Fernando Prass, Fernando, Elder Granja, Carlos Alberto, Márcio Careca e Léo Gago (Vasco); Mariano, Gum, Diogo, Thiaguinho, Fred e Diguinho (Fluminense).

Árbitro - Gutemberg de Paula Fonseca (RJ).

Renda - R$ 1.059.890,00.

Público - 30.490 pagantes.

Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.