Vasco vence, mas Romário diz que está fora do clube

Técnico e jogador da equipe se irrita com imposição da escalação de Alan Kardec e Eurico chega a chorar

06 de fevereiro de 2008 | 22h53

Romário alegou interferência do presidente Eurico Miranda em seu trabalho e não é mais técnico-jogador do Vasco. Ele se desligou do clube minutos antes do início da partida com o Friburguense, na noite desta quarta-feira, em que o time cruzmaltino venceu por 2 a 0, pela Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). O craque se revoltou com a ordem recebida no vestiário para escalar Alan Kardec em vez de Abuda e nem sequer assistiu ao jogo em São Januário. Veja também: Botafogo empata e garante classificação às semifinais Eurico Miranda fala sobre a saída de Romário do Vasco  Sem forçar o ritmo, o Fluminense goleia o América"Eu ia escalar o Abuda e me pediram para escalar o Alan Kardec porque precisavam colocá-lo para jogar para vendê-lo para o exterior. Então eu agradeci, pedi meu boné e fui embora", declarou Romário ao blog do jornalista Gilmar Ferreira. "Minha história no Vasco acabou. Não aceito intromissão."Ele queria escalar Abuda ao lado de Alex Teixeira no time titular. Eurico vetou a alteração, pois quer negociar Alan Kardec para o Paris Saint Germain, da França, que estaria disposto a pagar 3,7 milhões de euros (cerca de R$ 10 milhões) por 80% dos direitos federativos do jogador. Inconformado, Romário teria discutido com Eurico e decidiu pedir demissão.  Vasco 2 Tiago, Wagner Diniz    , Jorge Luiz, Vilson e Calisto; Jonílson    , Beto (Abuda), Leandro Bonfim     (Andrade) e Morais; Alex Teixeira (Bruno Meneghel) e Alan Kardec Técnico: Alfredo Sampaio  Friburguense 0 Adriano    ; Sérgio Gomes, Cadão    , Thiago Messias (Roberto); Everton, Bidu, Vítor Hugo, Cassiano e Guido (Júlio César); Alex e Léo (Elan    ) Técnico: Cleimar Rocha Gols: Morais, aos 18; e Calisto, aos 22 minutos do segundo tempoÁrbitro: Wagner dos Santos RosaRenda: R$ 25. 460, 00Público: 2.590 pagantesEstádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)O dirigente chorou ao comentar o caso e admitiu que não sabe se o craque ainda vestirá a camisa cruzmaltina como jogador. "Todos querem Alan Kardec e o Vasco não o quer? Tiveque decidir", afirmou o presidente, que não sabe se Romário ainda vestirá a camisa cruzmaltina como jogador.O mistério gira em torno do futuro de Romário. Aos 42 anos, ele ainda não sabe quando vai se aposentar, pois existe a chance de vestir a camisa do Flamengo num jogo de despedida. A diretoria rubro-negra não teria nenhuma oposição à idéia.O craque será julgado no dia 14 pelo pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Ele quer a redução da pena de 120 dias para voltar a atuar o mais rápido possível. Romário foi suspenso por doping. Em campo, o Vasco se superou e derrotou o Friburguense, por 2 a 0, gols de Morais e Calisto. A equipe entrou em campo perturbada pelo desentendimento entre Romário e Eurico Miranda e não teve boa atuação. Venceu sem convencer. Mas só depende de si para se classificar à fase semifinal da Taça Guanabara.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoEstadual do RioRomário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.