Paulo Fernandes/Divulgação
Paulo Fernandes/Divulgação

Vasco vence o Flamengo de virada e dá novo passo contra o descenso

Cruzmaltino busca o 2 a 1 e começa a sonhar com a fuga da queda

LUCIANO PÁDUA, Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2015 | 18h41

O Vasco venceu o Flamengo de virada por 2 a 1 no Maracanã neste domingo. Em jogo disputado, a equipe de São Januário, mesmo saindo atrás no placar, soube aproveitar os espaços para marcar seus gols. Com o resultado, o Flamengo permanece com 41 pontos e caiu para a sétima posição. O Vasco chegou aos 26 pontos e fica na 19ª colocação.

As equipes voltam a campo na próxima semana. O Vasco enfrenta o São Paulo no Maracanã na quarta-feira pela segunda partida das quartas de final da Copa do Brasil - depois, no domingo, encara o Avaí em Florianópolis pela 29ª rodada do Brasileirão. Também no domingo, o Flamengo recebe o Joinville, no Maracanã.

O clássico começou disputado, com ambos os times buscando criar jogadas de perigo. E foi o Flamengo quem conseguiu a melhor jogada. Aos 11 minutos, Jorge recuperou uma saída de bola do Vasco, tabelou, recebeu e cruzou na área. Guerrero ajeitou de cabeça para Emerson, que completou para o gol: 1 a 0.

Apesar da vantagem do Flamengo, o jogo seguiu muito corrido. O Vasco, que buscou o empate, tinha muita dificuldade de articular a bola e não criou lances perigosos para o goleiro Paulo Victor. Os flamenguistas aproveitavam a folga no placar, administravam o placar e esperavam espaços para contra-atacar.

Na segunda etapa, o Flamengo começou melhor, aproveitando os espaços que o rival deixava. Foram três ataques, nenhum deles com grande perigo, nos primeiro quatro minutos. O Vasco respondeu com um chute de Andrezinho para fora, aos cinco.

A partir desse ataque, a pressão passou a ser vascaína. Aos sete, Jorge Henrique cruzou rasteiro para Leandrão, que, dentro da pequena área, perdeu uma oportunidade muito clara de gol. O árbitro marcou impedimento no lance. Aos dez, Nenê bateu de fora e a bola passou à esquerda da meta de Paulo Victor. Aos 11, Rodrigo fez bela cobrança de falta e empatou o jogo no Maracanã.

Cinco minutos mais tarde, após cobrança de escanteio, o lateral Jorge cabeceou a bola na própria mão. O árbitro Leandro Vuaden marcou pênalti. Nenê bateu e marcou o gol da virada do Vasco.

Depois disso, o Flamengo tentou pressionar o Vasco, mas a equipe não conseguiu criar bons lances e esbarrou na defesa vascaína. Aos 48, Lucas, dentro da área, chutou e a bola desviou em Ayrton antes de sair pela linha de fundo, quase marcando o terceiro gol vascaíno.

O jogo seguiu até os 52 minutos, por causa da parada para hidratação, e o Vasco conseguiu manter a vantagem até o fim, chegando à excelente marca de 13 pontos conquistados nos últimos 15 disputados e aumentando a esperança de evitar o rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 2 VASCO

FLAMENGO - Paulo Victor; Pará (Ayrton), Samir, César Martins, Jorge; Márcio Araújo, Canteros (Marcelo Cirino), Alan Patrick; Emerson, Paulinho (Éderson) e Guerrero. Técnico: Oswaldo Oliveira.

VASCO - Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan, Julio Cesar; Bruno Gallo, Julio dos Santos (Guiñazu), Andrezinho, Nenê (Lucas); Jorge Henrique (Rafael Vaz) e Leandrão. Técnico: Jorginho.

GOLS - Emerson, aos 11 minutos do primeiro tempo, Rodrigo, aos 11 minutos do segundo tempo, e Nenê, aos 16 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS)

CARTÕES AMARELOS - Paulo Victor, Emerson Sheik, Márcio Araújo, Jorge e Guerrero (Flamengo); Luan, Lucas, Julio dos Santos, Julio Cesar, Madson e Nenê (Vasco).

PÚBLICO - 44.361 presentes (40.240 pagantes)

RENDA - R$ 1.986.400,00

LOCAL - Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.