Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Vasco vence São Caetano de virada

O Vasco deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro e, inclusive, a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, ao vencer neste sábado o São Caetano, de virada, por 3 a 2. Com 15 pontos, o time carioca agora está à frente de Figueirense, Flamengo, Atlético-MG e Paysandu, os quatro últimos colocados. O jogo de hoje marcou a estréia do técnico Levir Culpi no comando do time paulista. A tentativa de assegurar uma "magra" vitória, por 1 a 0, aos 23 minutos do segundo tempo, quando retirou atacante Dimba para a entrada do volante Paulo Miranda, resultou em um castigo para o São Caetano. Com um Vasco desesperado pelo atual momento e jogadores visivelmente tensos, o São Caetano não sentiu a ausência de seus seis desfalques, enquanto procurou atuar em busca da vitória. Equilibrado em campo, o time paulista fez o primeiro gol aos 20 minutos da etapa inicial, com o atacante Dimba. Já o Vasco sofreu com a carência técnica durante toda a partida. No primeiro tempo, a única oportunidade de gol foi em uma tabela entre os atacantes Romário e Alex Dias, que em um chute acertou a bola no travessão. Na etapa final, o time somente reagiu porque o São Caetano optou por tocar a bola e apenas defender-se das jogadas ofensivas do adversário. A princípio, a tática paulista funcionou. Aos 28 minutos, o São Caetano ampliou o placar com Edílson, mas aos 31 minutos, com o meia Abedi, e aos 33 minutos, com o também meia Fernandinho, o Vasco empatou a partida. A virada veio aos 46 minutos: Romário no campo defensivo vascaíno roubou a bola, tocou para o lateral-esquerdo Diego que lançou Alex Dias para fazer o terceiro gol, o seu décimo no Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.