Sergio Castro/AE - 4/6/2009
Sergio Castro/AE - 4/6/2009

Vasco volta a vencer em estreia na Taça Rio

Apesar de não apresentar um bom futebol, equipe bate o Volta Redonda em São Januário por 2 a 1

AE, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2010 | 21h58

Depois de três partidas, o Vasco reencontrou a vitória, mas não o bom futebol. Jogando para apenas 986 pagantes (pouco mais que os 593 fiéis que pagaram para ver o time pela Copa do Brasil no meio de semana), o time do pressionado Vágner Mancini venceu o Volta Redonda por 2 a 1, neste domingo, em São Januário, na rodada de abertura da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

O futebol apresentado pelas duas equipes foi como a noite chuvosa no Rio: triste e sonolento. Mas o Vasco precisava vencer, ainda que sem encantar, para aliviar um pouco da pressão. Mais pressionado de todos os jogadores, Dodô até se esforçava, mas o principal jogador era Philippe Coutinho.

Aos 14 minutos, o jovem de 17 anos, já negociado com a Inter de Milão, quase marcou gol olímpico. Em cobrança de escanteio pela esquerda, acertou o travessão do Volta Redonda. Aos 39 minutos, porém, o gol não lhe escapou. Márcio Careca lançou, a zaga cortou parcialmente e a bola sobrou para o garoto, em impedimento, chutar forte no ângulo e abrir o placar.

A segunda etapa não foi muito melhor para o torcedor vascaíno. Lento, pouco criativo e sem ímpeto, o Vasco apenas administrava a vantagem enquanto tentava achar o segundo gol. Nesse tempo, Fernando Prass garantia a vitória com duas importantes defesas.

Aos 30 minutos, Leo Gago arriscou de fora da área e o goleiro Everton espalmou nos pés de Elton, que só teve o trabalho de empurrar para as redes. Mas cinco minutos depois, em rápida e bonita puxada de contra-ataque, o Volta Redonda diminuiu. Adriano arrancou, tocou para Maciel que fez bela devolução ao companheiro. Na saída de Prass, Adriano tocou por baixo. A partir daí, o Volta Redonda pressionou, principalmente com bolas aéreas, mas a zaga do Vasco manteve-se firme e evitou o pior.

VASCO 2 X 1 VOLTA REDONDA

Vasco - Fernando Prass; Fágner, Fernando Thiago Martinelli e Márcio Careca; Souza, Paulinho, Fumagalli (Léo Gago) e Philippe Coutinho (Robinho); Elton e Dodô (Jumar). Técnico - Vágner Mancini

Volta Redonda - Everton; André, Alcir, China e Bruno Barra; Márcio Loyola (Thiago), Alexandre, Mário César (Maciel) e Glauber; Tássio (Adriano) e Wallacer. Técnico - Tita

Gols - Philippe Coutinho, aos 30 do primeiro tempo. Elton, aos 30; Adriano, aos 35 do segundo tempo

Juiz - Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)

Cartão amarelo - Fágner, Paulinho (Vasco); Bruno Barra, Alcir, Wallacer (Volta Redonda)

Renda e público - R$ 24.640,00

Público - 986 pagantes

Local - Estádio de São Januário, no Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.