Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Veiga 'tira o chapéu' para o Flamengo, mas ainda crê em título do Palmeiras

Meia alviverde lembra que time tem pontuação maior do que em 2016 e 2018, quando sagrou-se campeão nacional

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2019 | 16h23

Os oito pontos de diferença para o líder Flamengo não fazem o meia Raphael Veiga desistir de conquistar pelo Palmeiras o título do Campeonato Brasileiro. O jogador "tirou o chapéu" para a equipe carioca, mas lembrou que a pontuação atual do Palmeiras é maior do que em 2016 e 2018, quando o time foi campeão.

"Neste ano, os nossos pontos estão maiores do que em 2016 e em 2018, quando fomos campeões. Lógico que o Flamengo está fazendo um campeonato incrível, temos de tirar o chapéu para eles, mas, enquanto tivermos chances, lutaremos pelo título", afirmou.

Neste domingo, Veiga reencontrará o Athletico-PR, na Arena da Baixada. Após defender a equipe paranaense em 2018, o meia falou o que o Palmeiras precisa fazer para vencer o rival em Curitiba.

"Joguei lá no ano passado, sei o quanto é complicado. Será um jogo difícil, mas temos totais condições de ir lá e fazer um bom resultado. Já conseguimos fazer isso em 2016 e em 2018. Se entrarmos concentrados nos 15 primeiros minutos, podemos fazer um grande jogo", analisou.

Veiga ainda desconversou sobre a escalação do Palmeiras para enfrentar o Athletico-PR. O meia deu entrevista coletiva nesta sexta-feira após o treino fechado na Academia de Futebol.

Uma provável equipe alviverde para o jogo de domingo tem: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo (Luan) e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Willian e Deyverson (Borja ou Henrique Dourado).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.