Piroschka van de Wouw / Reuters
Piroschka van de Wouw / Reuters

Veja as diferenças de desempenho e custo das joias brasileiras contratadas pelo Real Madrid 

Equipe da capital espanhola desembolsou cerca de R$ 732 milhões para ter esses atletas em sua fileira

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2020 | 10h31

O futuro do Real Madrid pode ter brasileiros como protagonistas. As maiores apostas do clube merengue são Vinicius Junior, Rodrygo e Reinier, que, somados os valores de suas contratações, fizeram a equipe da capital espanhola desembolsar cerca de 120 milhões de euros (R$ 732 milhões). Ambos lutam, agora, por espaço, sendo que, cada um deles, se encontra em um patamar diferente de preparação, já que as contratações aconteceram em anos distintos.

Vinicius Junior, cria do Flamengo, foi contratado pelo clube espanhol, em 2017, e custou cerca de 45 milhões de euros (R$ 164 milhões, na época) aos cofres merengues. Desde sua estreia, em 2018, o brasileiro acumula sete gols e 15 assistências, em 59 partidas disputadas. Antes de ingressar na equipe principal, o jogador passou pelo Real Madrid Castilla, da Terceira Liga, da Espanha, onde, em cinco jogos, marcou quatro gols e deu uma assistência. Zidane olha com atenção para o brasileiro. 

Já Rodrygo, fruto das categorias de base do Santos, também custou cerca de 45 milhões de euros (R$ 193 milhões, na época) ao Real, porém, a negociação foi realizada em 2018. Ao todo, desde sua estreia, em 2019, o atacante acumula sete gols e duas assistências, em 18 partidas. Rodrygo, assim como Vinicius Junior, também passou pelo Real Madrid Castilla, onde, em três partidas, marcou dois gols. Para a torcida, Rodrygo é mais inventivo dentro de campo do que Vinícius Junior.

Por fim, Reinier, a mais recente contratação brasileira do clube espanhol, também oriunda do Flamengo, custou cerca de 30 milhões de euros (R$ 136 milhões, na época), aos cofres da equipe de Madri. Como chegou este ano, ainda não teve oportunidades para subir à equipe principal, porém, já fez as redes dos adversários Real Madrid Castilla balançarem. Em três partidas, Reinier marcou dois gols. Especula-se, diferentemente de Vinicius e Rodrygo, que o meio-campo será emprestado, antes de ingressar ao elenco principal de Zidane. O futebol espanhol continua parado por causa da covid-19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.