Vela treina com bola e pode reforçar o México

A seleção mexicana recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira. O atacante Carlos Vela treinou com bola pela primeira vez desde que sofreu uma lesão na perna direita e aumentou as possibilidades de que possa jogar contra a Argentina pelas oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

AE, Agência Estado

25 de junho de 2010 | 08h06

Vela, que sofreu uma lesão no bíceps femoral da perna direita no dia 17 de junho em uma partida contra a França, se juntou ao treinamento mexicano pela primeira vez desde então e tocou a bola em espaços reduzidos com Giovani Dos Santos e Guillermo Franco. Desde que ocorreu a lesão no primeiro tempo do jogo contra os franceses, o atacante de 22 anos estava limitado a realizar corridas leves nos treinos do México.

Vela foi titular nas duas primeiras partidas do Mundial, contra África do Sul e França, mas depois de se machucar contra a França perdeu o jogo contra o Uruguai. O treinador Javier Aguirre já expressou otimismo de tê-lo de volta no jogo de domingo.

A Federação Mexicana de Futebol não revelou detalhes das condições do atacantes desde a semana passada e o médico Radamés Gaxiola não concedeu entrevistas. O jogador do Arsenal, da Inglaterra, é a única dúvida do México para o jogo contra a Argentina.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolMéxicoCarlos Vela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.