Vélez e Chivas decidem quem enfrenta o São Paulo

Vélez Sarsfield, da Argentina, e Chivas Guadalajara, do México, enfrentam-se nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), em busca da última vaga nas semifinais da Libertadores. O vencedor desse duelo enfrenta o São Paulo, que eliminou o Estudiantes nos pênaltis na noite desta quarta-feira. O jogo de ida, em Guadalajara, disputado antes da Copa do Mundo, terminou com empate por 0 a 0, o que deixa os mexicanos com a vantagem de jogar por um empate com gols para chegar às semifinais. O Vélez não terá seu principal astro, o atacante Castromán, machucado - ele já não havia disputado a primeira partida porque estava brigado com o técnico Miguel Angel Russo. "Vamos sentir a ausência dele, mas Ereros respondeu bem sempre que foi necessário", afirmou o técnico sobre o substituto. Russo tenta jogar a responsabilidade para o rival, que joga reforçado por cinco jogadores que não disputaram o jogo de ida porque já estavam concentrados com a seleção mexicana, que iniciou sua preparação para a Copa em abril. "É uma equipe respeitável, ainda mais agora, que estará completa", diz o técnico Russo. O goleiro Oswaldo Sánchez, os defensores Gonzalo Pineda e Francisco Rodríguez, o volante Ramón Morales e o atacante Omar Bravo são as novidades do Chivas. O sexto jogador da equipe no Mundial, o lateral Salcido, está fora, porque se transferiu para o PSV Eindhoven. "Já sabem quem somos, mostramos do que somos capazes", diz o zagueiro Reynoso, confiante. O atacante Bautista também está otimista. "Esperamos fazer um bom trabalho, vencer e avançar até as semifinais", disse.

Agencia Estado,

20 Julho 2006 | 08h26

Mais conteúdo sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.