Vem aí a casa corintiana. Dos Matheus

A mansão de três pavimentos onde Vicente Matheus viveu os últimos 30 anos de sua vida será aberta à torcida como uma espécie de sucursal do Corinthians. Terá exposição de objetos e documentos do acervo da família, bar temático, telão e até um pequeno campo de futebol para a garotada. A promessa de Marlene Matheus, viúva do dirigente morto no dia 9 de fevereiro de 1997 aos 88 anos, tem tudo para virar realidade. Na última quarta-feira, um designer passou parte da manhã discutindo o projeto no casarão da Rua Maria Eleonora, no Tatuapé. Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.