Vendido ao Santos, Henrique se despede do Cruzeiro

Novo reforço do Santos, o volante Henrique se despediu do Cruzeiro nessa sexta-feira. O jogador, contratado no início de 2008, deixa a Toca da Raposa após três anos e sete meses. Fez 179 partidas com a camisa celeste, marcando 12 gols. Na saída, elogiou a oportunidade de inclusive chegar à seleção brasileira.

AE, Agência Estado

15 de julho de 2011 | 20h00

"Tive muita felicidade. Trabalhei em um clube que me abriu as portas, me acolheu bem. Respeitei a todos, conquistei grandes amigos. Só tenho a agradecer ao Cruzeiro. Agora é dar continuidade na carreira", disse o jogador, que colocou dirigentes, colegas de elenco, técnicos, imprensa e torcedores na sua lista de agradecimentos.

Henrique deixa o Cruzeiro sem escolher um momento especial na sua passagem pelo clube. "Cada um tem um sabor especial. Como homem e atleta, cresci muito. Tem um sabor muito especial que vou levar a vida toda", comenta.

Por ter chorado quando foi convocado pela primeira vez para a seleção, Henrique foi questionado se a despedida não era tão emocionante. "Eu transmito o que sou. Choro, dou risada, brinco com o pessoal. Não finjo para chorar, sai naturalmente. Estou triste, mas feliz por saber que tem uma história muito boa aqui, construí grandes amigos aqui e sempre querendo o melhor para o Cruzeiro."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.