Jorge Silva/Reuters
Jorge Silva/Reuters

Venezuela bate Peru e segue com chances de ir à Copa

Com dois gols de Nicolas Fedor, venezuelanos ganham por 3 a 1 e ainda lutam pela vaga ao Mundial

AE, Agencia Estado

10 de setembro de 2009 | 00h40

A Venezuela já está fazendo história no futebol e quer muito mais. Em sua melhor campanha em Eliminatórias Sul-Americanas, a seleção do país de Hugo Chávez derrotou o Peru por 3 a 1, nesta quarta-feira, em Puerto La Cruz, e segue com chances de classificação à Copa do Mundo de 2010, que seria algo inédito e inimaginável há alguns anos.

 

Veja também:

especialConfira os países que já garantiram vaga na Copa

Eliminatórias da Copa - tabela Classificação | lista Tabela 

especialELIMINATÓRIAS - Mais no canal especial

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com os três pontos, a Venezuela chegou a 21 e subiu para a sétima colocação na classificação geral. Está empatado na pontuação com o Uruguai e apenas um ponto atrás da Argentina, que ocupa a quinta posição e hoje estaria na repescagem contra o quarto colocado da Concacaf (Américas do Norte e Central e Caribe).

Em campo, o nome do jogo foi o atacante Nicolas Fedor, autor de dois gols - um em cada tempo, sendo que o segundo aconteceu numa bela jogada individual dentro da área. A torcida venezuelana tomou um susto com o gol de empate do Peru ainda na primeira etapa, num gol contra bizarro de Fuenmayor, mas pôde comemorar muito no final com a vitória consolidada com o gol de Vargas.

Para lutar pela vaga no Mundial da África do Sul, a Venezuela terá pela frente, em outubro, justamente as duas seleções já classificadas antecipadamente. Primeiro, jogará em casa contra o Paraguai. Na sequência, no dia 14, enfrenta o Brasil, em Campo Grande (MS). O Peru, lanterna com 10 pontos, ainda encara Argentina (fora) e Bolívia (casa).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.