Venezuela busca empate emocionante contra Paraguai

A Venezuela conseguiu mais um resultado histórico nesta quarta-feira. Depois de empatar com o Brasil e vencer o Equador, o time venezuelano abriu o placar contra o Paraguai, levou a virada em 3 a 1, mas marcou dois gols nos três últimos do jogo e conquistou um memorável empate em 3 a 3, na cidade argentina de Salta.

AE, Agência Estado

13 de julho de 2011 | 21h18

No último gol, já aos 47 do segundo tempo, Arango bateu escanteio na área, o goleiro Vega cabeceou para a segunda trave e Porozo, de peixinho, empatou o jogo, para a festa do time venezuelano.

Com o resultado, a Venezuela foi a cinco pontos e o Paraguai a três. Os dois estão classificados. Para chegar à liderança, basta ao Brasil vencer o Equador por dois ou mais gols de diferença - ou por um de saldo, desde que marcando três ou mais vezes. Um 2 a 1 brasileiro faria a primeira colocação ser decidida no sorteio.

O JOGO - Antes mesmo do cronômetro marcar um minuto de jogo, Lucas Barrios já foi o autor de um dos lances mais bonitos da Copa América, dando um lindo drible por debaixo das pernas do marcador ao entrar na área venezuelana. Depois, ele cruzou para Santa Cruz, que foi desarmado.

A Venezuela respondeu com mais eficiência. Aos 4 minutos, Rondón aproveitou um erro na saída de bola do Paraguai, recebeu na meia-lua e bateu forte, no canto direito de Villar, abrindo o placar para os venezuelanos.

Dentro do seu novo estilo de jogo, com extrema disciplina tática, a Venezuela segurou a vantagem até os 32 minutos, mas aí a defesa resolveu colaborar com o Paraguai. Torres cruzou da direta, Barrios cabeceou, a bola bateu na trave, no goleiro, e voltou para o meio da área. Chíchero teve a chance de afastar com um chutão, mas se precipitou e tentou através de um carrinho. Deu a bola para Alcaraz, que dominou e bateu forte para empatar o jogo.

Já classificada, a Venezuela tinha a tranquilidade de sair de campo satisfeita com um empate. Aproveitando-se do afobamento paraguaio, seguia mandando no jogo mesmo após levar o gol. Foi assim no fim do primeiro tempo e nos 15 minutos iniciais da segunda etapa.

Num escanteio, em novo bate-rebate, o Paraguai achou seu segundo gol. Torres cobrou escanteio, Valdéz tentou, Vega espalmou Barrios, no rebote, virou o jogo para o time paraguaio.

Sem nada a perder, a Venezuela foi para cima. Entraram Fedor e Arango, na busca de maior ofensividade. A busca pelo resultado, porém, não combina com o estilo de jogo dos venezuelanos e o Paraguai passou a assumir o domínio da partida, empolgando a torcida que era maioria no estádio de Salta.

Assim como os dois primeiros, o terceiro gol também nasceu de um cruzamento de Torres. O lateral esquerdo bateu falta da direita, Riveros desviou e ampliou a vantagem paraguaia.

Heroica, a Venezuela foi atrás do empate. E conseguiu. Aos 44 minutos, Fedor pegou uma sobra na direita e diminuiu. Já nos acréscimos, Vega foi para a área e o escanteio batido por Aranco foi para a cabeça dela. No cabeceio, o goleiro mandou para o segundo pau, onde Perozo marcou de peixinho.

FICHA TÉCNICA:

Paraguai 3 x 3 Venezuela

Paraguai - Villar; Alcaraz, Darío Verón, Paulo da Silva e Aureliano Torres; Vera (Jonathan Santana), Ortigoza, Riveros e Estigarribia (Cáceres). Roque Santa Cruz (Valdéz) e Lucas Barrios. Técnico - Gerardo Martino.

Venezuela - Vega; Rosales, Vizcarrondo, Peroso e Chíchero; Di Giorgi, Rincón, Orozco (Fedor) e González (Maldonado); Arismendi (Arango) e Rondón. Técnico - César Farias.

Gols - Rondón, aos 4, e Alcaraz, aos 32 minutos do primeiro tempo. Barrios, aos 17, e Riveros, aos 40, Fedor, aos 44, e Perozo, aos 47 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Enrique Osses (Chile).

Cartões amarelos - Santana, Valdéz, Maldonado, Perozo.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Padre Martearena, em Salta (Argentina).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolParaguaiVenezuelaCopa América

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.