KIM Doo-Ho/ AFP
KIM Doo-Ho/ AFP

Venezuela perde pênalti, Inglaterra vence e conquista seu 1º Mundial Sub-20

Dominic Calvert-Lewin marca no primeiro tempo e garante o triunfo em Suwon, na Coreia do Sul

Estadao Conteudo

11 de junho de 2017 | 09h58

A Inglaterra conquistou o primeiro Mundial Sub-20 de futebol de sua história neste domingo. Em uma inédita e inesperada final diante da Venezuela, em Suwon, na Coreia do Sul, a seleção triunfou por 1 a 0 e faturou o título, graças ao gol de Dominic Calvert-Lewin ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, a Inglaterra se tornou o décimo time a ser campeão do mundo sub-20. O país, até então, tinha um terceiro lugar como melhor resultado. Por outro lado, a Venezuela também chegou à primeira decisão de sua história e alcançou seu melhor resultado em um torneio Fifa.

E os sul-americanos até começaram assustando neste domingo. Aos 23 minutos, Lucena bateu falta quase do meio de campo e surpreendeu o goleiro Woodman, acertando a trave. A resposta inglesa, no entanto, foi fatal. Aos 34, Calvert-Lewin aproveitou lançamento para a área e bateu. Farinez defendeu, mas no rebote, o atacante marcou.

A Inglaterra, então, tratou de se fechar na defesa. Mas no segundo tempo, a Venezuela teve chances para empatar. Córdova chegou a perder oportunidade incrível, de frente para Woodman. Por outro lado, Onomah quase ampliou para os europeus, acertando o travessão em belo chute de longe.

Aos 27, o árbitro viu pênalti de Clark-Salter em Peñaranda. O próprio atacante venezuelano foi para a cobrança, chutou quase no meio do gol e facilitou a vida de Woodman, que pegou e garantiu o triunfo inglês.

Este foi o primeiro título mundial da Inglaterra, em qualquer categoria, desde que o país conquistou a Copa do Mundo de 1966 com seu time principal, atuando em casa. Os ingleses, aliás, não venciam sequer uma partida em um Mundial Sub-20 desde 1997.

Tudo o que sabemos sobre:
Mundial Sub-20InglaterraVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.