Vereadores ajudam a liberar estádio

Os vereadores da cidade de Santa Bárbara d´Oeste estão ao lado do União Barbarense para tentar a liberação do estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, interditado para menores há duas semanas. O apoio dos vereadores será expresso na votação de uma moção de apelo à juíza da Infância e Adolescência Eliana da Câmara Leite Ferreira. Nesta moção, os vereadores pedirão para que a juíza reconsidere o veto e dê o alvará ao clube. Esta ajuda emocionou o presidente do União Barbarense, Roberto Mantovani Filho. "Eles sabem das nossas dificuldades e é bom saber que querem nos ajudar. Espero que isto faça a juíza reconsiderar sua decisão", afirma. Além da ajuda dos vereadores, Mantovani já tem outra arma. Através do advogado Marco Antônio Pizzolato, o time entrou com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça de São Paulo para conseguir o alvará. "Já atendemos a todas as exigências dela e como está demorando, vamos buscar outras alternativas", disse Mantovani. Alheios aos problemas que acontecem fora do campo, os jogadores treinaram hoje pela manhã. Mesmo com o desfalque do zagueiro Ronaldo Alves, suspenso, e a dúvida se poderá ou não contar com o também zagueiro Émerson, o técnico Luís Carlos Martins ainda não definiu o time para enfrentar o Botafogo, domingo, em casa. O Barbarense não vence há cinco jogos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.