Verón diz que volta à Argentina em junho

O meia argentino Verón assegurou que em junho de 2006 deixará a Inter de Milão para retornar ao país. Ele se diz "cansado de andar há dez anos pela Europa como um cigano"."Estou longe da minha casa e dos meus pais há muito tempo, e não quero seguir perdendo tempo enquanto estiverem vivos", declarou o jogador a meios de comunicação argentinos.O meia explicou que esperará até o término do Campeonato Italiano para voltar, e expressou que seu ideal é se despedir da torcida de Milão "com uma conquista importante"."Todos no clube mereceriam: [o sócio majoritário] Massimo Moratti, a torcida e meus companheiros que estão aqui há mais tempo que eu. Seria meu presente mais especial", afirmou Verón, que já defendeu o Boca Juniors e o Estudiantes de La Plata na Argentina e deve ser pressionado pelos dirigentes para permanecer na Itália."Uma vitória ou uma grande oferta não me fariam mudar de idéia, embora tudo isso me deixe feliz. Significa que estou trabalhando bem e que deixarei uma boa lembrança na Inter", finalizou.

Agencia Estado,

25 de dezembro de 2005 | 16h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.