Verón recusa oferta milionária para jogar no City

O meia argentino Juan Sebastián Verón recusou, nesta terça-feira, uma oferta milionária para se transferir já neste mês para o Manchester City, da Inglaterra. O clube da Premier League estava disposto a pagar US$ 11,2 milhões (quase R$ 20 milhões) para o clube e a mesma quantia para o jogador, mas Verón não aceitou.

AE, Agencia Estado

05 de janeiro de 2010 | 23h14

"Eu apresentei a oferta aos diretores do clube (Estudiantes) e então eles poderiam considerá-la. Mas de minha parte nem pensei muito. Minha (negativa) resposta foi instantânea", disse o meia. "Isso não é possível no momento e não é questão de dinheiro... Minha família e meus sentimentos estão envolvidos".

A ideia da contratação de Verón partiu do técnico italiano Roberto Mancini, contratado há duas semanas pelo Manchester City. Os dois jogaram juntos na Lazio e na Sampdoria e Mancini foi treinador do argentino na Internazionale.

Com 34 anos, Verón segue mais uma temporada com o Estudiantes, onde tentará a conquista do bi na Copa Libertadores da América. Assim, terá mais uma chance de faturar o título do Mundial de Clubes da Fifa, perdido em dezembro passado para o Barcelona - derrota por 2 a 1, após prorrogação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArgentinaEstudiantesVerón

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.