Verona demite técnico que estava no cargo há mais de cinco anos

Foram mais de cinco anos no comando do Verona, mas Andrea Mandorlini não resistiu à péssima campanha da equipe na temporada 2015/2016 do Campeonato Italiano e foi demitido nesta segunda-feira. O treinador pegou o clube em meio à terceira divisão e o levou até a elite do país.

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2015 | 18h28

A campanha da equipe nesta temporada, entretanto, caminhava para levar o Verona de volta à Série B. O time comandado por Mandorlini não venceu nenhuma vez em 14 rodadas, conquistando apenas os seis pontos referentes aos seis empates conquistados. Foram oito derrotas, sendo três delas consecutivas.

Sob o comando de Mandorlini, o Verona foi quarto colocado no seu primeiro ano na Série B e conseguiu o acesso na temporada seguinte. Na primeira divisão, conseguiu um 10.º e um 13.º lugares. Por três vezes o time chegou às oitavas de final.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVeronaCampeonato Italiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.