Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

'Vestiário forte' é trunfo de Eduardo Baptista no Palmeiras

Técnico elogia comprometimento de reservas e titulares da equipe

Nathalia Garcia, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2017 | 10h00

A palavra desconfiança passa bem longe do trabalho de Eduardo Baptista atualmente. O Palmeiras é líder do Grupo C, dono da melhor campanha do Campeonato Paulista e continua embalado depois da vitória sobre o Mirassol por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Allianz Parque. Para o treinador, o seu maior trunfo até agora foi ter conquistado um vestiário forte.

"Nos momentos mais difíceis, a diretoria me deu apoio e respaldo para fazer meu trabalho. Continuo tranquilo e focado, é o início de uma caminhada", disse. E completou: "Mais do que os resultados até aqui, foi ter conquistado um vestiário forte, com jogadores comprometidos. Essa é a minha maior vitória: ter conseguido unir tudo e fazer os atletas trabalharem para um bem comum", afirmou.

O comprometimento de titulares e reservas motivo de orgulho para o treinador, que avalia positivamente o trabalho do meia Michel Bastos - titular contra o Mirassol. "Ele vem buscando seu espaço na equipe, sempre correspondendo bem. Uma coisa que nunca faltou: garra. A gente vende diariamente para eles que não basta ter só o melhor elenco tecnicamente, temos de brigar. Se a gente brigar mais que o adversário, a qualidade técnica vai valer."

Outro que sempre mostra empenho dentro de campo é Felipe Melo. E o volante, que marcou o seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras nesta quarta-feira, também destacou que o ambiente tem sido fundamental para a boa fase do time neste início de temporada.

"O trabalho não é só dentro de campo, ele começa fora de campo também, no vestiário, na amizade. Eu mesmo passei por clubes com jogadores incríveis tecnicamente, que não tinha a amizade, a ajuda mútua. E isto faz total diferença. Hoje quem abriu o caminho da vitória foi o Rafa (Marques), que faz tempo que não jogava. Teve ajuda da galera, e isto faz toda a diferença, esta ajuda recíproca dentro do elenco do Palmeiras."

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolEduardo Baptista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.