Alessandro Garofalo/ AP
Alessandro Garofalo/ AP

Vestido de 'Argentina', Napoli goleia a Roma em jogo de homenagens a Maradona

Equipe napolitana se aproveita de tropeços de rivais e fica mais próxima do topo da tabela

Redação, Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2020 | 19h26

Diego Maradona foi um grande ídolo no Napoli e recebeu uma bela homenagem do time neste domingo. Vestindo uma camisa ao estilo da seleção argentina, os napolitanos golearam a Roma por 4 a 0, pelo Campeonato Italiano. Foi um dia dedicado totalmente ao ex-camisa 10, que morreu na quarta-feira.

As homenagens a Maradona começaram assim que os times pisaram no gramado do estádio San Paolo. O capitão Insigne levou uma coroa de flores para perto da arquibancada onde tinha uma bandeira com os dizeres "The King" e o rosto do ídolo mundial. O Napoli estava vestido com uma camisa da "Argentina". Aos 10 minutos, o jogo foi paralisado para o minuto de silêncio, com a imagem do astro no telão e nas arquibancadas, numa cena emocionante.

Em campo, as homenagens a Maradona parece ter inspirado os jogadores. Insigne, assim como a estrela argentina, abriu o placar em bela cobrança de falta. Festejou segurando uma camisa de Maradona. Ruiz e Mertens ampliaram para 3 a 0.

Além das faltas precisas, Maradona adorava partir para cima dos marcadores, driblando e anotando os famosos golaços. Politano foi o encarregado de "imitá-lo". O jogador driblou cinco marcadores, o goleiro, e fechou a goleada histórica.

A Roma foi um dos rivais mais duros para o Napoli na época em que Maradona defendia o clube. O craque argentino conseguiu ganhar da equipe da capital italiana apenas em duas oportunidades, em 12 partidas disputadas.

Com o resultado, o Napoli sobe para o quinto lugar e põe fim a uma invencibilidade de 11 jogos dos romanos. Ambos somam 17 pontos, colados na classificação. Cagliari 2 x 2 Spezia foi o outro resultado do fechamento da rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.