Veteranos carregam Santos na estréia com o Grêmio Barueri

Para alguns jogadores do Santos, a estréia no Campeonato Paulista diante do Grêmio Barueri, nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio Palestra Itália, é a oportunidade para Zé Roberto e Antônio Carlos, mais de dez anos depois, relembrarem velhas passagens e o início de carreira, antes de brilharem no exterior e na seleção brasileira."Existe o moto-rádio ainda?", brincou Zé Roberto, que ainda se lembra do seu primeiro jogo como titular da Portuguesa num Estadual, em 1994. Antônio Carlos também tem boas lembranças do Paulistão."O jogo que eu não esqueço é aquele 4 a 0 na decisão de 1993 contra o Corinthians, no fim da fila de 17 anos do Palmeiras", comentou o defensor. Outro motivo para o atleta considerar o torneio especial é que o deste ano será o último da sua carreira. "Vou parar neste ano para ser auxiliar técnico ou até mesmo técnico. Além disso, é o meu sexto Paulista e será mais legal porque terá semifinal e final, como o torcedor gosta."O jogador tem quatro títulos paulistas: 1991 com o São Paulo, 1993 e 1994 no Palmeiras, 1997 pelo Corinthians. Se ganhar pelo Santos, conseguirá o feito de conquistar o Estadual pelos quatro grandes times do Estado.Quanto à sua reestréia, Antônio Carlos não vê grandes dificuldades porque nos três treinos com bola, no jogo-treino contra o São José e no amistoso com Ituano se entendeu bem com Ávalos, com quem chegou a jogar na sua primeira passagem pelo clube, em 2004. "É um jogador inteligente e não haverá problema."Seguindo à risca o estilo do seu mestre, Vanderlei Luxemburgo, o zagueiro disse que procurou saber o máximo do Barueri, mas preferiu não revelar nada. E nem adiantou como o seu time vai jogar. "Todo time do Luxemburgo joga para frente, procurando o gol", disse. O treinador pediu que o torcedor da capital para comparecer ao Palestra Itália para apoiar o time. "Como aconteceu no Pacaembu, que é a nossa segunda casa, no ano passado".Para o Santos, confronto serve de preparação para a estréia na Copa Libertadores da América, dia 31, contra o Blooming, em Santa Cruz de La Sierra. O clube enfrentará uma mini-maratona, jogando três vezes em seis.Estréia na Série A-1Apesar de disputar a primeira vez a Série A-1 do Paulista, o técnico do Grêmio Barueri, Marcelo Vilar, quer que seus jogadores não temam o Santos e disse que os atletas estão cientes da responsabilidade. ?Esta é a realização de um sonho para muitos jogadores. Muito estão aqui no clube desde a Série A-3. Somos uma incógnita, mas queremos nos tornar realidade.?Apontado como grande sensação do futebol de São Paulo nos últimos tempos, quando conseguiu seis acessos em cinco anos, o time terá duas estréias: o lateral-esquerdo Giba e o meia Júlio César foram contratados e são os únicos que não participaram da classificação à Série B do Brasileirão.A diretoria tem a expectativa de que perto de 10 mil torcedores vão apoiar o time na capital, embora a Prefeitura de Barueri tenha desistido de oferecer ônibus gratuitos para os torcedores, como fez em alguns jogos da Série C em 2006.Ficha técnicaGrêmio Barueri x SantosBarueri - Gilvan; Edilton, Anderson Marques, Fábio Luiz e Giba; Nenê Miranda, Júlio, Júlio César e Luciano Gigante; Pedrão e Thiago Humberto. Técnico: Marcelo Vilar.Santos - Fábio Costa; Adailton, Antônio Carlos e Ávalos; Pedro, Maldonado, Cléber Santana, Zé Roberto e Kleber; Rodrigo Tabata e Fabiano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Árbitro - Antônio Rogério Batista do Prado. Horário - 21h45. Local - Estádio Palestra Itália, em São Paulo. TV - Globo e Bandeirantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.