Vice da Venezuela assume o comando da Copa América

O vice-presidente da Venezuela, Jorge Rodríguez, assumiu nesta terça-feira a presidência do Comitê Organizador da Copa América, no lugar do ex-ministro da Educação Aristóbulo Istúriz, que renunciou ao cargo depois de ser afastado do governo pelo presidente Hugo Chávez, que toma posse em seu novo mandato nesta quarta-feira."Ele sugeriu o doutor Jorge Rodríguez, e a Federação Venezuelana de Futebol aceitou essa proposta", afirmou o novo ministro do Esporte, Eduardo Alvarez, que também faz parte do comitê. Para ele, essa nomeação é um bom sinal. "É uma amostra do interesse e de comprometimento do governo com o torneio."A Venezuela receberá pela primeira vez a Copa América, de 26 de junho a 15 de julho, com a presença das dez seleções sul-americanas, do México e dos Estados Unidos, país desafeto do presidente Chávez que foi convidado pela Conmebol e aceitou jogar a competição. O sorteio será realizado no dia 14 de fevereiro, e Chávez deve estar presente, segundo Alvarez.Até o dia 1.º de abril, diz o ministro do Esporte, as obras nos nove estádios que receberão a competição estarão prontas. A idéia é que Brasil, Argentina e Venezuela sejam os cabeças-de-chave, e os grupos serão divididos regionalmente: os donos da casa jogariam na zona andina, nas cidades de San Cristóbal, Mérida e Barinas.Já a Argentina mandaria seus jogos na capital Caracas e em Maracaibo e Barquisimeto, cidades na região centro-ocidental; e o Brasil seria colocado na zona oriental, mais próxima da fronteira com o País, em Puerto La Cruz, Maturín e Puerto Ordaz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.