Vice do Milan diz ser 'impossível' Kaká perder a Bola de Ouro

Adriano Galliani acredita que temporada realizada por Kaká é mais que suficiente para levar o prêmio

Efe

08 de novembro de 2007 | 13h50

Adriano Galliani, vice-presidente e chefe executivo do Milan, afirmou, nesta quinta-feira, que é "impossível" o meia brasileiro Kaká não levar a Bola de Ouro, entregue pela revista France Football ao melhor jogador da temporada.   "É impossível que Kaká não vença a Bola de Ouro. Foi campeão e artilheiro da Liga dos Campeões pelo Milan e fez o que fez com a seleção do Brasil", disse Galliani.   O anúncio do ganhador do prêmio Bola de Ouro ocorre no dia 2 de dezembro. "Não soubemos de ainda nada. Normalmente os organizadores advertem ao clube do vencedor e ao próprio jogador uma semana antes, para preparar as matérias e fotografias", comentou Galliani.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato ItalianoKakáAC Milan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.