Regis Duvingau/ Reuters
Regis Duvingau/ Reuters

Vice no sub-21, João Mário quer evitar nova derrota com Portugal na final

Apenas Cristiano e R. Carvalho estavam na Euro de 2004

Estadão Conteúdo

08 de julho de 2016 | 20h45

Do atual grupo da seleção de Portugal, apenas Cristiano Ronaldo e Ricardo Carvalho estavam presentes na última final que o país fez na Eurocopa, que nesta edição terá a equipe lusa encarando a França na decisão, domingo, em Paris. Em 2004, eles deixaram o campo com o gosto amargo do vice-campeonato ao perderem em casa para Grécia.

No entanto, outros atletas desta equipe nacional que está na França também sabem o que é ser derrotado na final de uma competição europeia. No ano passado, João Mário, William Carvalho, Rafa Silva e Raphael Guerreiro estavam no time que perdeu a decisão do Campeonato Europeu Sub-21 para a Suécia.

"Espero que neste ano seja diferente", comentou o meia João Mario, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva. "Tenho certeza de que será o jogo das nossas vidas, porque não há nada mais importante do que disputar um torneio como esse para nosso país", emendou.

Para o atleta, o segredo do sucesso da seleção portuguesa até o momento é a mescla entre jogadores experientes, como Cristiano Ronaldo, que esteve na final da Eurocopa de 2004, com atletas mais jovens. "Foi isso que nos levou a chegar até a final. Há jogadores que nos aconselham em certas partes dos jogos, enquanto os mais jovens contribuem com irreverência. A idade não conta, conta o que um jogador pode produzir."

Apesar da confiança, Portugal terá de quebrar um tabu que dura 41 anos. Desde 1975, quando venceu por 2 a 0 um amistoso, que a equipe lusa não consegue derrotar a França. Desde então foram dez jogos, com oito vitórias francesas no tempo regulamentar e duas na prorrogação.

"A França também não ganhava da Alemanha há muito tempo e conseguiu", rebateu João Mário. "Somos muito ambiciosos e não nos preocupamos com o passado contra os franceses. Estamos muito motivados e é isso que nos fará vencer a final", finalizou, confiante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.