Marcos Brindicci/Reuters
Marcos Brindicci/Reuters

Vice-presidente do Boca diz que Tevez deve ser anunciado pelo clube esta semana

Atacante está próximo de retornar ao time argentino após passagem decepcionante no futebol chinês

Estadão Conteúdo

16 de dezembro de 2017 | 11h06

Os rumores sobre um novo retorno de Carlitos Tevez para o Boca Juniors voltaram a ganhar força neste fim de ano, mas, desta vez, parece que não vai ficar só na especulação. A própria diretoria do clube garantiu a proximidade de um acerto para que o atacante volte a vestir a camisa da equipe a partir de 2018.

+ Sem acordo, Boca e River não definem data para disputa da Supercopa Argentina

"Devemos solucionar isso nos próximos dias", declarou o vice-presidente do Boca, Horacio Paolini, à TyC Sports. "Estou permanentemente em contato com ele. Vivemos a seis quadras. Eu o vi pela última vez na semana passada e comemos um churrasco. Sou otimista. Penso que daqui até sexta-feira, devemos solucionar tudo."

Ídolo do Boca Juniors e torcedor do clube, Tevez tem o nome especulado no time de Buenos Aires a cada janela de transferência. Em 2015, o atacante abriu mão de um contrato mais vantajoso na Juventus, onde vivia grande fase, para realizar sua segunda passagem pela equipe, repetindo o que fizera no início dos anos 2000.

Desta vez, porém, Tevez não rendeu o que se esperava. Após um ano e meio, foi negociado com o Shanghai Shenhua, da China, no fim do ano passado. Só que lá, também decepcionou e chegou a ser acusado por dirigentes de estar acima do peso. Apesar da má fase recente e das críticas à forma física, Paolini garantiu que o atacante está pronto para ajudar o Boca.

"Esperamos anunciá-lo antes das festas de fim de ano. Ele está muito bem, com um peso incrível, que é o mesmo de quando estreou pelo Boca. Está reforçando toda a massa muscular", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Boca JuniorsTevez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.