AFP
AFP

Vice-presidente do West Ham detalha planos de reinício do Campeonato Inglês

Karren Brady diz que todos os 20 clubes estão disposto a continuar a competição, mas que há 'muitos obstáculos para superar'

Redação, Estadão Conteúdo

02 de maio de 2020 | 14h18

Karren Brady, vice-presidente do West Ham, afirmou que todos os 20 clubes que disputam o Campeonato Inglês estão dispostos a concluir a temporada. No entanto, há, segundo a dirigente do clube londrino, "muitos obstáculos para superar".

"Na reunião de ontem, todos os clubes disseram que querem reiniciar a temporada", escreveu Brady em sua coluna no jornal britânico The Sun. "Todos sabemos que serão necessários muito trabalho em conjunto, boa fé, pensamento cuidadoso e compromissos, se tivermos alguma chance disso acontecer".

Os clubes receberam na reunião de sexta-feira as diretrizes do "Projeto Reinício", idealizado pela Premier League, e foram informados de que os 92 jogos restantes da atual temporada, interrompidos pela pandemia do novo coronavírus, devem ser disputados a portas fechadas em oito a 10 estádios neutros, o que poderia ser um grande ponto de discórdia.

"O único tema em comum entre todos os clubes é que qualquer compromisso deve ser justo e manter a integridade do jogo. Jogadores e técnicos devem ser os principais tomadores de decisão nos protocolos, pois ainda há um longo caminho a partir de onde estamos agora para realmente jogar novamente. Existem muitos obstáculos para superar e sem dúvida muitos compromissos a fazer", avaliou a dirigente, que também é membro da Câmara dos Lordes.

Brady detalhou um plano de quatro fases para que seja consumado o retorno do futebol na Grã-Bretanha. O primeiro, já em andamento, inclui sessões individuais nos campos de treinamento. A fase dois é o retorno ao treinamento em grupo, a fase três prevê o reinício dos jogos do Campeonato Inglês e a fase final, a volta das partidas internacionais.

"A fase três incluirá discussões sobre a possibilidade de jogar em campos neutros, o que ninguém quer, mas é claro que a localização das partidas quando a liga recomeçar estará sujeita à aprovação", declarou Brady.

Ainda não há uma definição sobre a data em que o Campeonato Inglês será retomado, no entanto, o Projeto Reinício estipula o dia 8 de junho como o mais provável para o reinício da competição. O que significa que a seca de 30 anos do Liverpool sem vencer a liga inglesa está prestes a terminar.

O time do técnico Jurgen Klopp lidera o torneio com ampla folga, 25 pontos de vantagem sobre o vice-líder Manchester City. O lado negativo da provável conquista é que, em razão das medidas restritivas, os torcedores não poderão comemorar no Anfield.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.